Estratégia de Comunicação Multilingue

Estratégia de Comunicação Multilingue: Consenso Global - Serviços de Tradução

O fenómeno da globalização faz-se sentir fortemente também na estrutura das empresas. Funcionários de diferentes culturas podem, de facto, enriquecer uma organização a vários níveis, mas para isso suceder de forma eficaz, é necessário conceber uma boa estratégia de comunicação multilingue.

O número de imigrantes a viver em Portugal subiu quase 14% em 2018. É o maior aumento de sempre. Estes são dados do Relatório de Imigração Fronteiras e Asilo 2018 (RIFA). Também em muitos outros países, o número está aumentando constantemente.

Com estes dados em mente, as empresas devem apresentar estratégias que possam promover boas relações de trabalho numa força de trabalho multicultural. As relações de trabalho harmoniosas entre pessoas de diferentes culturas, contribuem para a prosperidade e crescimento dos negócios.

Uma estratégia de comunicação multilingue deve ser pensada e adotada para reforçar os laços multiculturais. Nesse contexto, as empresas de tradução têm vantagem na implementação interna, mas também por isso, podem prestar um serviço muito importante no auxílio a outras organizações.

  • Saiba como diferentes culturas se comunicam:
    Os diretores devem aprender os hábitos e normas de trabalho dos países de que são oriundos os seus trabalhadores. Por exemplo, se a equipa for constituída por dois coreanos e dois alemães, verá que os alemães estão muito mais à vontade em dar feedback do seu trabalho. Contudo, se os coreanos já viverem e trabalharem há alguns anos na Europa, isso originará uma previsão diferente acerca da dinâmica de grupo.
  • Contrate um serviço de interpretação profissional:
    Caso existam várias culturas e diferentes idiomas no seu local de trabalho, será aconselhável contratar um intérprete. O intérprete assumirá o papel fundamental de estreitar a comunicação quotidiana entre todos, promovendo assim uma abordagem harmoniosa e unificada do trabalho.
  • Prepare os nativos:
    A cooperação e a tolerância, características essenciais para a plena aceitação das diferenças culturais, devem ser parte integrante da cultura da empresa. Pessoas de diferentes origens podem experimentar um “choque cultural”. Por esse motivo, é fundamental não só ajudar os novos trabalhadores a adaptarem-se ao novo ambiente, como também, incutir nos nativos, o espírito de tolerância e apoio para com os novos colegas.

Em suma, o gestor é quem deve determinar o melhor meio de passar a mensagem. Isso traduz-se em conhecer a equipa, entender as suas expetativas e promover a melhor integração possível. Um local de trabalho composto por funcionários de diferentes culturas, pode enriquecer uma organização a vários níveis. A diversidade promove negócios e na Consenso Global, sabemos bem que em contexto empresarial, os nossos serviços vão muito além da tradução e interpretação. A estratégia de comunicação multingue acaba por ser um veículo muito importante para a produtividade e concretização de novos projetos.